9 de set de 2015

o que eu aprendi com você


você tá por aí, andando como se tanto faz. como se fosse um profissional de deixar as coisas pra trás. você simula um sorriso, um gesto de carinho. você some nos dias de chuva e deixa a cama vazia. mas é só a tempestade baixar pra mostrar a fraqueza, pra dizer que não sabe o que quer. 

eu acho que você não é de verdade, que não me vale de nada. que só quer brincar com meus sentimentos e estraçalhar o que resta de mim. você me parece maluco, perdido no seu mundo, sem saber qual passo dar. mas aí você chega, chega trazendo seu cheiro estonteante, seu olho azul pulsante e me abraça como se eu fosse teu. você sabe que é o bastante pra fazer minha perna tremer e meu corpo suar. pro meu coração bater e minha boca secar. pro tempo todo parar.

mas eu resolvi te esquecer. te coloquei na caixinha pra te deixar viver. dancei nossa música de olhos fechados. apaguei todos os seus recados. tirei o seu porta-retrato. loucura e equilíbrio, é o que tenho tatuado. e mais um pouco de amor, bem avoado. hoje eu já não sei o que sinto, mas sei que é mais do que carinho. e também é passado. 

vaivém. 
fica bem. 

----------------------------

And when we've had our very last kiss
My last request, it is
Say you'll remember me
Standing in a nice dress
Staring at the sunset, babe
Red lips and rosy cheeks
Say you'll see me again
Even if it's just in your wildest dreams


2 comentários:

André disse...

nas reações poderia ter algo como: coração partido. não tem.

Francisco Cadena disse...

Gostei muito! parabens! saludacoes desde Mexico!!