18 de out de 2012

de saudade, do desapego, da incerteza


saudade. lembro quando ouvi na televisão que era uma palavra brasileira, que os outros países não sabiam traduzir. é uma palavra nossa, mas um sentimento universal. quem não sente saudade de alguém não sabe o que é sofrer pela falta de um toque, por querer rever o calor de um olhar, por se sentir abraçado por alguém que já não faz parte do seu futuro.

desapego. é incondicionalmente ligado à saudade. desapegar é deixar ir. entender que não lhe pertence mais. que foi, no passado. é confiar no presente e escrever um novo futuro, se jogar no destino. desapegar de algo, de alguém, é a coisa mais difícil do mundo.

incerteza. de nada adianta sentir saudade, forçar o desapego se você não tem certeza do que quer. a dúvida engole a cabeça, o corpo estremece e, ora ou outra, você foge da linha: mata a saudade e se apega.

cíclica. é assim que é a vida.

2 comentários:

(des)Ventura disse...

Maravilhoso o teu texto c:

Lena disse...

Incerteza algo intermitente.

Adoro Caio, adoro suas palavras!

:***