9 de jun de 2012

where soul meets body


But if the silence takes you then I hope it takes me too
So brown eyes I'll hold you near cause you're the only song I want to hear
A melody softly soaring through my atmosphere
Where soul meets body

Um comentário:

bruno disse...

Caio, ual...
Nao consegui parar até ler tudo o que estava no seu site. Estava navegando, procurando qualquer coisa para me distrair, e achei o cinq contre un. Li todos os seus arquivos de janeiro de 2007 até agora. Já são quase 4 da manha e sinceramente, se houvesse mais, não pararia. A sua forma de se expressar e a sua admiração pela Avril - a qual também compartilho -conquistaram a minha atenção por mais horas que eu queira admitir. Este site já está em meus favoritos e será difícil de tirá-lo desta posição. Desde o primeiro verso até o último estava ouvindo, com muito orgulho, o som da Avril, um ícone que também marcou a minha vida desde que ouvi complicated pela primeira vez no radio. Gostaria de terminar meu comentario com uma frase que marcou a minha vida desde quando conheci Avril, e tem regido minha vida desde então: "A vidade é maravilhosa, se não se tem medo dela" See you...