6 de nov de 2011

amanhecer na brigadeiro

Perdi um dos melhores. Dos poucos lucros de muitos anos. Perdi um cafuné gostoso, um abraço carinhoso, um sorriso dengoso. Eu não queria perder. Eu não soube controlar. Eu não sabia o que acontecia. Ele se arrancou. Ele quis ir. Ele deu adeus. Perdi o amanhecer na brigadeiro. Perdi o beijo do até a próxima. Estou triste. Como há tempos não estive. Triste porque gosto muito, muito mesmo, de você.

Nenhum comentário: