4 de nov de 2010

faz tanto tempo, nem já me lembro.

quanto tempo faz? uns dias, talvez? não, não. são mais de dias, já deram meses. pensando bem, são anos. uma vida, quem sabe? pequeno, sentado na escada da escola, com as mãos em frente aos olhos para não ver a garota certa. uma bitoca. ops, acertei de novo. faz tempo, eu sei.

mais crescidinho. faz alguns anos, eu sei. sentados no hall do prédio, com toda a molecada em volta tirando um sarro da cara de assustado. verdade ou desafio? desafio. somos aventureiros! um beijo de língua na vadiazinha da turma. um primeiro beijo para o menino estranho. 'é como pegar um gelo na água', 'para de ser boiola', 'treina com a sua mãe!'. faz tempo, mas ainda dá para dar risada.

e dentro do cinema? as primeiras loucuras de um adolescente e sua primeira namorada. beijo aqui, beijo acolá. tudo o que eu aprendi foi com você, ruiva de cabelos enrolados. mão vem pra cá, mão vai pra lá. 'êpa, vai com calma, seu apressadinho!'. cinco minutos depois para você conter os gemidos. faz tempo, mas ainda me excita.

dentro do carro, num trânsito em dia de chuva. quem nunca sonhou com isso? 'vem cá, bonitinha'. cheios de gracinhas, as melhores risadinhas, as músicas mais bonitas e um monte de putaria. quem nunca gostou disso? nos divertíamos como ninguém e éramos mais safados que qualquer casal na Terra. demos risadas, foi gostoso, o corpo amoleceu e pronto, vamos embora. faz tempo. por isso sinto saudades.

de pé, em casa. território estranho, novidade bizarra. vamos dar um beijo. a barba já raspa. como foi? diferente. deita aqui no meu ombro pra eu te contar a minha história. oh, que história. vai e vem, não tem pra ninguém. eu tô machucado e sei que vou ser largado. faz tanto tempo, mas eu me lembro.

beijos, beijos. antecede o dia. antecede o choro. antecede a despedida. antecede o prazer. antecede o sexo louco. antecede a pegação. antecede o namoro. antecede o outro. antecede o futuro. antecede o boa noite. antecede o corpo.

por que, então, você não vem e me beija?

3 comentários:

Ricky disse...

Tá todo se querendo...

Bee ϟ disse...

O título me lembrou MUITO de um comercial de margarina antigo. Sei lá, meio antigo, em que velhinhas comentavam a idade do primeiro beijo, e uma menina de uns 18 anos falava exatamente "meu primeiro beijo...nossa, faz tanto tempo que eu nem me lembro mais...".

Coisa mais linda do mundo, como sempre.
beijo.

. disse...

Passo as vezes por aqui e sempre tenho o prazer em ocupar meu tempo lendo bons textos. parabéns, abs.