14 de abr de 2010

algum caminho? adivinha, sugestão

Imagina uma batida bem lenta. Daquelas que deixa o corpo mole e que transporta a mente. Aquela música antiga, bonita, com voz grave. Atraente. Imagina nós, aqui sentados, de frente ao monitor, digitando ao som desta incrível canção.

Ela diz algo como 'se não há caminho, se perca. Se não há estrada, caminhe. Se não há futuro, presente'. A gente se coça, pensa em tudo e canta, com os nossos beijos, toda esta música que a gente já tinha escrito. Mas daí bate o desespero. E daí a gente não sabe mais cantar. Se não há canção, há tristeza.

Então a gente inventa. Não foi à toa que escolhemos tal profissão, a que usa as palavras. Escolhi a profissão que pode dar final felizes. É só querer. Não é assim que tinha que ser?

Se a gente luta, a gente vence. Se a gente quer, a gente ganha. Se a gente chora, a gente canta. Se a gente beija, a gente encanta. Se a gente... Bom, entenda bem. "A gente". Cadê a gente no contexto?

Nenhum comentário: