12 de ago de 2009

Set me free of my disease

Eu sou louco. Tá comprovado. Tudo isso foi comprovado. Não fiz exame nenhum. Minha faculdade mental respondeu isso para mim solidariamente. Eu sou louco. Sou insano. Sou cruel. Sou tão louco a ponto de amar. Louco de amor. Louco de amar. Louco por alguém. Ficar louco por alguém é dar a vida à alguém sem que a pessoa fale nada. Ficar louco de amor por alguém é se entregar de corpo e alma para os conhecimentos e mãos abençoadas de um ser desconhecido sem que ele te toque.

Eu só sei que não funciono bem. Não bato, não. Sou doente. Louco que me dói. Me dói no coração ter que partir. Come away with me in the night? 'Não. Você está sendo apagado da minha vida'. Isso é o que a internet me proporciona: uma loucura que me trouxe pessoas, mas me levou embora. Sou louco por acreditar em um mundo virtual, uma rede social por trás da tela de um computador. Sou louco por andar pensando em alguém. Sou louco por pensar.

Louco não sou. Louco é meu coração. Ele se entregou. Olha, que emoção. Se entregou, o coração. O coração do cara que se acha poeta de vez em quando se entregou. O cara que se acha poeta é emotivo demais. Ele escreve com sinceridade. Ele só queria um abraço seguro. Ninguém o deu. Gritou, ó. Doeu. O coração sangra.

Come away with me.

Me cure. Por favor. Me cure.

2 comentários:

rodrigo/mundiko disse...

hey
ha mt tempo eu nao vinha no seu blog. lembrei de ti pq fui mandar um email e seu email ainda tah na minha lista de contatos do yahoo. uma vez te escrevi elogiando seus textos. ja tem um ano eu axo. e os textos estao melhores.
abs. rodrigo-mundiko

Anônimo disse...

ah caioo
vc naum pod fikar assim desse jeito não
chega de tristeza
jah ta na hora
sai dessa meu blogueiro
levanta essa cara
lava seu rosto
e sai pra rua afora
pense light ou nem pense
faça o que você quiser
exceto ficar na fossa..
espero que tudo de bom te aconteça
espera pra vê e
se demora muito
vai atrás
naum se demora e naum esqueçe da gnt
abraços,
Alice
v