18 de jun de 2009

Isto não é ficção

Uma amiga me disse ontem que "você começou a vida de gente grande cedo, não viveu a adolescência, com 18 já tava trabalhando, foi estudar na faculdade logo depois que acabou o colegial, não sai muito de balada e só namorou, não pegou quase ninguém". Depois do tapa na cara diário, eu tentei pensar se fiz as escolhas certas. Não sei, acho que não sou adulto o bastante para pensar nas escolhas que fiz. Acredito que só quando a gente fica beeem velhinho é que a gente consegue repensar na vida e se arrepender de escolhas que quando jovem não enxergamos. Sabe, escolhas do tipo que rolam sem a gente pedir? Escolhas que definem toda a sua vida, personalidade, honestidade, conta bancária? Então, essas escolhas. Parece que eu ainda não sei que as tomei, então eu ainda não sei me posicionar sobre elas.

Assim como eu não sei me posicionar sobre o resto da vida.

Justo, vai.

Nenhum comentário: