28 de abr de 2009

O que...

Veio no vento, foi embora com o sopro.

Nenhum comentário: